Harmonização bem brasileira

with Nenhum comentário

Hoje resolvemos fazer mais uma harmonização bem brasileira:

O charuto Monte Pascoal Corona – um verdadeiro puro nacional, feito com tabaco original do Brasil (Mata fina e mata norte) com uma cachaça Premium que ganhei de um amigo, a cachaça do Barão – Prata.

O charuto Monte Pascoal já dispensa apresentações.

É um charuto nacional de primeira linha, feito em Cruz das Almas, na Bahia. Este que estou degustando é da bitola Corona.

A cachaça é produzida na região de Araras, no estado de São Paulo.

Cachaça envelhecida por 3 anos em barris de Amendoim (Jacarandá Branco) o que lhe confere uma coloração cristalina e um perfume adocicado, com um fundo de baunilha e um fim de boca com excelente acidez.

O charuto está com o fluxo muito bom e produz abundância de fumaça, numa degustação muito prazerosa.

Assim o paladar da cachaça se mostrou uma excelente harmonização, pois o álcool adocicado aquece e purifica as papilas, aguçando o sabor suave do charuto e acentuando suas notas.

O charuto mostrou um retrogosto bem leve e um sabor bem agradável, com nada de irritação na garganta e nada de amargor, nem mesmo no terço final.

Fiquei surpreso com a qualidade da cachaça.

A bebida, apesar do envelhecimento no amendoim, continua bem jovem e vibrante e foi um excelente complemento ao charuto, numa harmonização mais que recomendável.

A cachaça é comercializada no site oficial: lojacachacadobarao.com.br

Um forte abraço a todos e até a próxima!

Seguir cachacadobarao:

Últimos Posts de

Deixe uma resposta